Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 10 / TSE totaliza apuração de votos; Dilma vence em 4 regiões e Serra, só no Sul

TSE totaliza apuração de votos; Dilma vence em 4 regiões e Serra, só no Sul

por Wellton Máximo, Repórter da Agência Brasil publicado , última modificação 04/10/2010 13h23

Olho no futuro: Brasil fez a maior eleição da história da república (Foto: Elza Fiúza/ABr)

Brasília – Com 100% das urnas apuradas, a candidata Dilma Rousseff (PT) obteve um total de 46,91% dos votos válidos, José Serra (PSDB) teve 32,61% e Marina Silva (PV) , 19,33%. Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) teve 0,87%. A petista não conseguiu se eleger no primeiro turno por uma diferença de cerca de 6,3 milhões de votos,  

Dilma venceu em quatro regiões do país, mas perdeu para Serra no Sul. No Nordeste e no Norte, a candidata petista ganhou com folga, mas teve vantagem menor no Sudeste e no Centro-Oeste.

No Sul, Serra ganhou, com 43,01%. Dilma teve 42,10%; e Marina, 13,64%. No Centro-Oeste, Dilma venceu por pequena vantagem, com 38,89%, contra 37,97% de Serra e 20,94% de Marina.

No Nordeste, Dilma teve o melhor desempenho, com 61,63%. Serra obteve 21,48%; e Marina, 16,14%. No Norte, Dilma ficou com 49,23%; Serra, 31,95%; e Marina, 17,88%.

No Sudeste, região com o maior número de eleitores, Dilma obteve 40,88%, contra 34,58% de Serra e 23,18% de Marina.

Dilma venceu em 18 estados e Serra liderou em oito: Acre, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e São Paulo. Marina só ganhou no Distrito Federal e ficou em segundo lugar em cinco estados – Acre (sua terra natal), Amapá, Amazonas, Pernambuco e Rio de Janeiro. No Ceará, ela empatou com Serra (16,36%).

Entre os votos no exterior, Dilma perdeu por cerca de quatro pontos percentuais. Ela obteve 36,81%, ante 40,25% de Serra e 20,43% de Marina. Entre os eleitores que votaram em trânsito, Dilma venceu com 39,15%. Serra obteve 31,18% e Marina ficou com 28,11%.

Os votos em branco somaram 3.479.320 (3,13%); e os nulos, 6.124.083 (5,51%). O Brasil tem 135,804 milhões de eleitores. A abstenção foi de 18,12%.