Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 10 / PV mostra agenda e descarta negociação de cargos para definir apoio no 2º turno

PV mostra agenda e descarta negociação de cargos para definir apoio no 2º turno

por Carmen Munari publicado , última modificação 08/10/2010 19h00 © Thomson Reuters 2010. All rights reserved.

São Paulo - A senadora Marina Silva (PV), que ficou em terceiro lugar no primeiro turno das eleições, divulgou nesta sexta-feira (8) uma agenda programática de dez pontos que será apresentada aos dois candidatos que vão disputar a corrida presidencial, Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB). Durante a divulgação das propostas, Marina e integrantes do PV procuraram afastar que a oferta de cargos no futuro governo faça parte da negociação com petistas e tucanos.

"Estamos fazendo um esforço programático para a sociedade e não baseados em laço de amizade ou em encenações de negociações de cargos", disse Marina a jornalistas ao divulgar os dez compromissos. Na agenda do PV constam a transparência das informações do orçamento da União, a reforma eleitoral e a elevação do investimento em educação para 7% do Produto Interno Bruto(PIB), além de exigências sobre o meio ambiente.

Marina não indicou se vai conversar diretamente com cada um dos candidatos sobre o programa, mas afirmou que os dados serão encaminhados para as campanhas das coligações de Dilma e de Serra.

Ela reafirmou que a decisão de apoio a um dos dois candidatos sairá no dia 17, como havia sido anunciado anteriormente. No dia 13, logo depois do feriado, o PV fará em Brasília uma reunião para organizar a convenção do partido quatro dias depois.

Fonte: Reuters