Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 10 / PV declara apoio a Ana Júlia no Pará

PV declara apoio a Ana Júlia no Pará

por jessicasouza publicado 08/10/2010 19h04, última modificação 08/10/2010 19h14

São Paulo - O Partido Verde do Pará vai apoiar a candidata Ana Júlia Carepa (PT) ao governo do estado, independente da posição que será definida pelo partido em relação a eleição presidencial.

“A Ana Júlia já recebia nosso apoio durante o primeiro turno. Isso foi decidido em convenção. Seria no mínimo antiético, para não dizer negociata ou mesmo sacanagem, que o PV mudasse de lado agora que ela passou para o segundo turno. Não tem nada a ver”, disse José Carlos Lima, presidente do PV paraense, nesta sexta-feira (8) à Agência Brasil.

De acordo com Lima, o partido reitera o apoio à construção da Usina de Belo Monte, desde que o destino de 10% da energia produzida seja do próprio estado, condição negociada pela governadora Ana Júlia.

Racha no PTB

Um grupo de deputados eleitos do PTB se reuniu na tarde de quinta-feira (7) com o candidato Simão Jatene (PSDB) e anunciou que o partido vai apoiar a sua candidatura no segundo turno. O PTB integrou a coligação da campanha da candidata Ana Júlia no primeiro turno. Um dos deputados, Júnior Ferrari, explicou: "O PTB encolheu nestas eleições e o partido precisa ser alavancado. Nós vamos ajudar a candidatura de Jatene a crescer muito mais".

A Frente Popular Acelera Pará, da candidata Ana Júlia, segundo nota enviada ao Diário do Pará, negou que o PTB esteja migrando para a coligação de Simão Jatene. “Não está em curso nenhum movimento de saída do PTB da aliança que defende a reeleição de Ana Júlia Carepa (PT) ao governo do estado. A coligação assegura que não recebeu nenhum informe neste sentido de nenhum membro do PTB, informa a nota.

Simão Jatene e Ana Júlia Carepa  disputam o apoio do PMDB, cujo candidato ao governo, Domingos Juvenil, obteve 11% dos votos no primeiro turno. "O voto do PMDB será o pêndulo neste segundo turno. Para onde o PMDB pender, o candidato vencerá a eleição", assegura Juvenil.