Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 10 / No Distrito Federal, PV declara apoio a Agnelo

No Distrito Federal, PV declara apoio a Agnelo

por jessicasouza publicado , última modificação 07/10/2010 18h40

Agnelo em debate na Rede Globo (Foto: Sergio Dutti)

São Paulo – O candidato do PT ao governo do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, recebeu, nesta quinta-feira (7), o apoio de Eduardo Brandão (PV) para o segundo turno. O candidato obteve 78 mil votos, cerca de 5% dos válidos. 

O candidato também entregou propostas de governo sobre o meio ambiente para Agnelo. Entre os projetos, estão a desativação do lixão da Estrutural e incentivo a programas de reciclagem. Em relação às críticas feitas pelo ex-candidato do PV a Agnelo durante os debates do primeiro turno, Brandão mantém as ressalvas, mas esclarece que o o principal objetivo agora é impedir a volta ao Distrito Federal do que ele chama de "coronelismo".


O presidente nacional do PV, José Luiz Penna, também participou da reunião e defendeu o apoio à candidatura do PT para o governo do Distrito Federal. "Agimos de forma acentuada, não podemos titubear quando a realidade se expressa nesse nível de nitidez. A sociedade espera que o PV, que é um baluarte do meio ambiente, evite uma pior crise", justificou Penna.

O presidente do PCdoB do Distrito Federal, Augusto Madeira, sigla que integra a coligação do candidato do PT desde o primeiro turno, disse que a campanha pretende conquistar os votos do PSOL. Toninho do PSOL recebeu 14% dos votos válidos, porém declarou que não apoiará nenhum candidato e que vai votar nulo.

TRE-DF

A Coligação Novo Caminho, do candidato Agnelo Queiroz, entrou na quarta-feira (6) com uma petição no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para que a foto de Weslian Roriz (PSC) esteja nas urnas eletrônicas no segundo turno, em 31 de outubro.

Com informações do Vermelho