Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 10 / Alckmin contraria lei eleitoral e é retirado da seção eleitoral

Alckmin contraria lei eleitoral e é retirado da seção eleitoral

Depois de votar, o governador eleito de SP queria dar entrevista à tevê ainda dentro da seção eleitoral
por Cida de Oliveira, RBA publicado , última modificação 31/10/2010 11h08
Depois de votar, o governador eleito de SP queria dar entrevista à tevê ainda dentro da seção eleitoral

São Paulo - 
O governador eleito por São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), foi convidado a se retirar da seção eleitoral onde vota, no Colégio Santo Américo, na zona sul de São Paulo.

Assim que retirou seus documentos com os mesários, em vez de sair logo da sala para liberar o espaço para outros eleitores, Alckmin se preparava para dar entrevista a repórteres no local, descumprindo a lei eleitoral, pois atrapalha o andamento das votações.

A entrevista só não aconteceu porque os mesários intervieram e solicitaram que o governador se retirasse. Antes disso, porém, jornalistas e fotógrafos que aguardavam do lado de fora já tinham começado a tentar entrar na sala, o que poderia ter se tornado um pequeno tumulto.

registrado em: ,