Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 09 / ONU cobra mais ação dos países pelo desarmamento no mundo

ONU cobra mais ação dos países pelo desarmamento no mundo

por Renata Giraldi, da Agência Brasil publicado 24/09/2010 12h50, última modificação 24/09/2010 12h55

Brasília – O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, cobrou nesta sexta-feira (24) que os representantes dos 192 países que integram a instituição intensifiquem os esforços para livrar o mundo das armas de destruição em massa. O apelo de Moon ocorreu na reunião sobre desarmamento, na 65ª Assembleia Geral da ONU, em Nova York. Segundo ele, apenas com o empenho coletivo será possível obter resultados mais rápidos.

As informações são da agência de notícias das Nações Unidas. "Os próximos anos serão críticos. Nós podemos fazer progressos no campo da não proliferação nuclear e do fim do desarmamento ou andar para trás", advertiu Moon. "As diferenças e preocupações podem e devem ser abordadas por meio de negociações. É essa a essência da diplomacia multilateral", acrescentou.

Moon cobrou responsabilidade dos integrantes das Nações Unidas, mas reconheceu que houve "progressos" na área. Ele alertou que é fundamental ampliar a “vontade política” . De acordo com o secretário, devem ser eliminadas armas de destruição em massa e também as convencionais.

Ban Ki-moon lembrou que um fórum multilateral de negociação única sobre desarmamento levou à aprovação de um programa de trabalho para a definição de metas urgentes. A proposta a ser elaborada institui objetivos que devem ser cumpridos no período até dez anos a partir da aprovação do texto.

registrado em: