Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 09 / Contra 'voto útil', Marina compara eleição a pizza

Contra 'voto útil', Marina compara eleição a pizza

por Redação da RBA publicado , última modificação 05/09/2010 19h35

Total de votos equivalem a pedaços de pizza (Foto: Reprodução)

São Paulo - A campanha da terceira colocada nas pesquisas de intenção de voto à Presidência da República, Marina Silva (PV) iniciou uma ação na internet para combater o "voto útil". O objetivo da ação é garantir a opção na primeira rodada do pleito, fugindo da polarização entre os dois primeiros colocados.

Segundo pesquisas Ibope e Datafolha, divulgadas na sexta-feira (3) e sábado (4), respectivamente, Dilma Rousseff (PT) seria eleita em 3 de outubro, por ter mais votos do que a soma dos demais concorrentes. José Serra (PSDB) aparece a seguir.

Um vídeo foi produzido pela campanha de Marina comparando o total de votos no primeiro turno da eleição com uma pizza, e os candidatos com os sabores. "Será que para ter segundo turno é preciso engolir quem você não gosta?", começa a animação.

A proposta é explicar ao eleitorado o funcionamento do sistema eleitoral na disputa presidencial. O material é exibido assim que a página oficial de campanha é acessada.

Caso a candidatura mais votada alcance a metade dos votos válidos (ou seja, excluindo brancos e nulos) mais um, o pleito se decide em primeiro turno. Caso contrário, os dois com maior apoio disputariam uma nova rodada em 31 de outubro.

Na última semana, a candidata verde tem insistido na importância do segundo turno. Em entrevista ao SBT Brasil, além de insistir na questão, ela chegou a dizer que gostaria de ter uma disputa entre mulheres, em alusão a Dilma.

Clique aqui para assistir.