Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 03 / Para Dilma, oposição tenta ressuscitar 2005 com caso Bancoop

Para Dilma, oposição tenta ressuscitar 2005 com caso Bancoop

por Bruno Peres, Fernando Exman e Alexandre Caverni publicado , última modificação 19/03/2010 13h30 © Thomson Reuters 2010. All rights reserved.

Brasília - A oposição está buscando ressuscitar a crise política vivida pelo governo federal em 2005 com o escândalo do mensalão a fim de influenciar o processo eleitoral deste ano, mas não será bem-sucedida, afirmou nesta sexta-feira (19) a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à Presidência da República.

"O pessoal está tentando, vamos dizer, trazer 2005 para a eleição de 2010, mas não acho que isso seja eficaz", disse Dilma a jornalistas antes de entrar para a reunião do Conselho de Administração da Petrobras. "Acho que é pouco eficaz", reiterou.

A oposição aprovou no Senado nesta semana requerimentos pedindo depoimentos do tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, do promotor de Justiça José Carlos Blat e do corretor de valores Lúcio Bolonha Funaro com o objetivo de desgastar o PT com o caso da Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop).

Blat acusou Vaccari, ex-presidente da Bancoop, de desviar recursos da entidade para financiar campanhas eleitorais do PT. Já Funaro teria dito que dirigentes do PT usaram dinheiro de fundos de pensão de empresas estatais com a mesma finalidade. Vaccari e o PT negam as irregularidades.

Fonte: Reuters

registrado em: ,