Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 03 / Oposição aprova convite a promotor de SP do caso Bancoop

Oposição aprova convite a promotor de SP do caso Bancoop

Sem governistas na sessão, senadores da oposição conseguiram garantir a aprovação
por Redação da RBA publicado , última modificação 18/03/2010 15h45
Sem governistas na sessão, senadores da oposição conseguiram garantir a aprovação

São Paulo - Sem a participação de governistas na sessão desta quinta-feira (18), foi aprovado convite ao promotor de Justiça de São Paulo, José Carlos Blat para Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das ONGs. A comissão no Senado investiga irregularidades em transferências de recursos federais para organizações não governamentais. O objetivo da oposição é trazer as denúncias à Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop) para as investigações.

Blat será ouvido na próxima terça-feira (23). Ele é responsável pela investigação de denúncias de repasses irregulares da Bancoop para campanhas eleitorais do PT. O tesoureiro nacional do partido, João Vaccari Neto, diretor da cooperativa de 2005 a fevereiro deste ano, deve depor no mesmo dia.

Outros convites aprovados destinam-se ao corretor de valores Lúcio Bolonha Funaro e Hélio Malheiro, irmão do ex-presidente da Bancoop, Luís Eduardo Malheiro. Funaro foi investigado pela CPI dos Correios, realizada de 2005 a 2006. Na ocasião, ele teria feito acordo de delação premiada para evitar que fosse denunciado como integrante do esquema.

Na quarta-feira (17), a Comissão de Direitos Humanos e e Legislação Participativa (CDH) do Senado havia aprovado a convocação dos envolvidos. Naquela ocasião, a aprovação deu-se por acordo com a líder do PT na Casa, Ideli Salvatti (SC). A seção deve ser realizada em conjunto com a Comissão de Meio Ambiente e Fiscalização.

Com informações da Agência Brasil

registrado em: , , ,