Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 03 / Imprensa brasileira não gosta de falar de inauguração de obras, critica Lula

Imprensa brasileira não gosta de falar de inauguração de obras, critica Lula

por Isabela Vieira publicado , última modificação 08/03/2010 15h25

Presidente Lula e o governador Sérgio Cabral na inauguração do Complexo Esportivo da Rocinha/RJ (Foto: Ricardo Stuckert/PR)

Rio de Janeiro - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez nesta segunda-feira (8) duras críticas à imprensa durante inauguração de obras na Rocinha, zona sul do Rio. Ao comentar a publicação de uma reportagem questionando a presença da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, na inauguração de um hospital no domingo (7), na Baixada Fluminense, o presidente disse que “há um desvio de comportamento” na imprensa.

“A imprensa brasileira, por hábito, ou por desvio, não gosta de falar de obras inauguradas. Quando a coisa está boa não interessa. O interessa é desgraça.”

O presidente justificou a participação da ministra explicando que a construção do hospital com verbas do governo estadual só foi possível porque o governo federal financia outras unidades ou construções na área de saúde.

Para o presidente, a imprensa privilegia fatos menos relevantes. “É um desvio de comportamento. Quase nenhuma obra de inauguração merece matéria. O que merece é uma gafe, um erro que a gente comete ou alguma coisa que não aconteceu”, criticou o presidente.

Fonte: Agência Brasil

registrado em: , , ,