Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 03 / Diferença de Serra para Dilma cai para 5 pontos

Diferença de Serra para Dilma cai para 5 pontos

Pesquisa do Ibope mostra que pré-candidata apoiada por Lula com 30% na preferência do eleitorado. Na espontânea, Dilma está 4 pontos percentuais à frente de José Serra. Aprovação do governo Lula bate recorde
por Fabio M Michel, da RBA publicado , última modificação 17/03/2010 11h05
Pesquisa do Ibope mostra que pré-candidata apoiada por Lula com 30% na preferência do eleitorado. Na espontânea, Dilma está 4 pontos percentuais à frente de José Serra. Aprovação do governo Lula bate recorde

O governador de São Paulo e pré-candidato do PSDB à presidência, José Serra (Foto: Fábio Pozzebom/ABr)

São Paulo - O Ibope divulgou na manhã desta quarta-feira (17), nova pesquisa sobre as intenções de voto nas eleições presidenciais. O trabalho, encomendado pela Confederação Nacional das Indústrias (CNI) mostra que a vantagem do governador de São Paulo, José Serra (PSDB), sobre a ministra Dilma Rousseff (PT) caiu para cinco pontos porcentuais.

Desde a última pesquisa do instituto, realizada em dezembro passado, a pré-candidata do PT à sucessão de Lula subiu 13 pontos percentuais na preferência do eleitorado.

Neste cenário, Serra teria 35% das intenções de voto (38% em dezembro), com Dilma avançando para 30% (antes, 17%). O deputado federal Ciro Gomes (PSB) caiu dois pontos, aparecendo com 11%, e Marina Silva, (PV), manteve os 6%.

Já com o governador de Minas Gerais, Aécio Neves, entre os candidatos no lugar de Serra, Dilma lidera com 34%, com Ciro (21%) em segundo, Aécio em terceiro (13%) e Marina ficaria com 8%.

A pesquisa  revela ainda que o governador paulista tucano manteve a vantagem em todas as simulações para o segundo turno, levando vantagem sobre Dilma Rousseff por 44% a 39%.

Conhecimento

O candidato tucano aparece na pesquisa como o mais conhecido entre os candidatos. Dos entrevistados, 65% dizem que o conhecem bem ou "mais ou menos". Já Dilma, avançou neste ponto, saltando de 32% em dezembro para 44%. Já o índice de rejeição mostra Serra com 25% e Dilma, com 27% (queda de 14 pontos percentuais).

Outro dado que chama a atenção é que mais da metade dos entrevistados (53%) pretendem votar em um candidato apoiado por Lula, contra 10% que preferem um candidato de oposição. No entanto, apenas 58% afirmam que Dilma é a candidata apoiada pelo presidente. Outros 39% não sabem.

Espontânea

Na pesquisa espontânea, Lula (mesmo não sendo candidato) aparece em primeiro, com 20% das intenções de voto. Dilma vem logo atrás com 14% e Serra em terceiro, com 10%. O percentual de indecisos é de 42%.

Aprovação

Sobre o governo do presidente Lula, o estudo do Ibope mostra que 75% dos entrevistados avaliam como positivo (ótimo ou bom). No levantamento anterior, divulgado em dezembro de 2009, esse percentual era de 72%. Esse percentual é recorde.

De acordo com a pesquisa apresentada, 83% aprovam a maneira de Lula governar, o mesmo índice registrado há três meses. A pesquisa também mostra que 77% dos entrevistados têm confiança no presidente, resultado 1 ponto percentual inferior ao verificado em dezembro (78%).

Outro dado do estudo é que 49% consideram o atual mandato de Lula melhor do que o primeiro. Em dezembro, esse percentual era de 46%.

Foram ouvidos 2.002 eleitores de 16 anos ou mais em 140 municípios, no período de 6 a 10 de março. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Com informações de Flávia Albuquerque, da Agência Brasil