Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 02 / TSE diz que Lula não fez campanha antecipada e nega pedido da oposição

TSE diz que Lula não fez campanha antecipada e nega pedido da oposição

Para ministro, nada no discurso do presidente feito durante evento caracterizou propaganda eleitoral
por Vitor Nuzzi, da RBA publicado , última modificação 12/02/2010 16h30
Para ministro, nada no discurso do presidente feito durante evento caracterizou propaganda eleitoral

São Paulo - O ministro auxiliar Henrique Neves, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), julgou improcedente a representação apresentada por PSDB, DEM e PPS contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, por propaganda eleitoral antecipada. Para os partidos de oposição, Lula teria feito propaganda extemporânea (antecipada) em favor da ministra durante evento no Sindicato dos Trabalhadores e Empregados de Empresas de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Sindpd/SP), em 22 de janeiro.

"Li as transcrições, assisti ao DVD e ouvi o CD (do evento). Todos possuem a mesma fala. Não verifico, naquele discurso proferido pelo Excentíssimo Presidente da República, passagem que caracterize propaganda eleitoral antecipada", afirma Henrique Neves, segundo informação divulgada nesta sexta-feira (12) pelo TSE.

Conforme a legislação, lembra o tribunal, a propaganda só é permitida após o dia 5 de julho do ano eleitoral.