Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2018 / 07 / Justiça do Equador decreta a prisão do ex-presidente Rafael Correa

judicialização da política

Justiça do Equador decreta a prisão do ex-presidente Rafael Correa

Ex-presidente é acusado de envolvimento em tentativa de sequestro do ex-deputado de oposição Fernando Balda, na Colômbia, em 2012
por Redação RBA publicado 03/07/2018 19h54, última modificação 03/07/2018 19h55
Ex-presidente é acusado de envolvimento em tentativa de sequestro do ex-deputado de oposição Fernando Balda, na Colômbia, em 2012
divulgação
rafael-correa.jpg

Rafael Correa afirma que não há provas que o vinculem à tentativa de sequestro de deputado da oposição

São Paulo – A juíza da Corte Nacional de Justiça do Equador Daniella Camacho ordenou hoje (3) a prisão preventiva do ex-presidente do país Rafael Correa. As informações foram divulgadas pela Agência Ansa.

Segundo a notícia, a juíza atendeu a um pedido do Ministério Público do Equador. O ex-presidente é acusado de envolvimento em tentativa de sequestro do ex-deputado de oposição Fernando Balda, na Colômbia, em 2012.

O motivo do pedido de prisão preventiva seria o descumprimento de uma medida cautelar para que o ex-presidente comparecesse ao tribunal em Quito nesta segunda. Segundo a Justiça, Correa deve comparecer a cada 15 dias, a partir de 2 de julho, no tribunal para prestar esclarecimentos sobre o caso.

Correa está na Bélgica desde maio e ontem (2) se apresentou no consulado de seu país. Em sua defesa, ele alega que não há provas que o vinculem à tentativa de sequestro.

registrado em: , , ,