Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2013 / 05 / Brasileiras prostituiam as próprias filhas na Espanha

prisão

Brasileiras prostituiam as próprias filhas na Espanha

Segundo polícia espanhola, mulheres mantinha apartamento em Cáceres e atraíam clientes com anúncios na internet
por Agência EFE publicado 16/05/2013 11h47, última modificação 16/05/2013 14h51
Segundo polícia espanhola, mulheres mantinha apartamento em Cáceres e atraíam clientes com anúncios na internet

Mérida – A polícia espanhola realizou busca em um apartamento em Cáceres (Espanha), onde flagrou duas menores de idade que se prostituiam e deteve quatro pessoas, entre elas as mães das jovens, duas mulheres brasileiras, informou hoje (16) a polícia, em comunicado. As menores foram encaminhadas a um centro de acolhida por estarem em situação "de risco e desamparo".

Além das duas cidadãs brasileiras, de 34 e 25 anos, mães das menores, outra jovem de 19 anos foi detida na operação e um espanhol de 43 anos.

A polícia comprovou que o apartamento onde a exploração era praticada havia sido anunciado em várias redes sociais e era frequentado por vários clientes ao dia.

As investigações determinaram que o "Apartamento Relax" era administrado por uma das detidas, mãe de uma das menores.

Além disso, a polícia também identificou e deteve um cliente de uma das jovens, que foi chantageado pela mãe da outra menor para não ser denunciado e chegou a pagar até 2,2 mil euros, informou a polícia.