Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2012 / 11 / Na União Europeia, taxa de desemprego mantém trajetória de alta

Na União Europeia, taxa de desemprego mantém trajetória de alta

por Redação da RBA publicado , última modificação 30/11/2012 18h36

São Paulo – A taxa média de desemprego nos 27 países que compõem a União Europeia ficou relativamente estável de setembro para outubro, ao passar de 10,6% para 10,7%, mas mantém a trajetória ascendente verificada desde o ano passado. Um ano atrás, era de 9,9%. Os dados foram divulgados hoje (30) pelo Eurostat, escritório de estatísticas da zona do euro. O número de desempregados foi estimado em 25,913 milhões, 204 mil a mais do que em setembro e 2,160 milhões a mais em relação a outubro de 2011.

Entre os 17 países da zona do euro, a taxa atingiu 11,7%, ante 11,6% em setembro e 10,4% há um ano. São 18,703 milhões de desempregados, acréscimo de 173 mil no mês e de 2,174 milhões em 12 meses.

As menores taxas foram apuradas na Áustria (4,3%), Luxemburgo (5,1%), Alemanha (5,4%) e Holanda (5,5%). As maiores, mais uma vez, são as da Espanha (26,2%) e da Grécia (25,4%).

Os desempregados abaixo de 25 anos somam 5,678 milhões na União Europeia e 3,609 milhões na zona do euro. As taxas atingiram 23,4% e 23,9%, respectivamente.