Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2012 / 09 / A 35 dias da eleição, Chávez mantém vantagem superior a 20 pontos

A 35 dias da eleição, Chávez mantém vantagem superior a 20 pontos

Pesquisa do Ivad mostra 61% da população venezuelana favorável à eleição, contra 39% em apoio à oposição
por Do Opera Mundi publicado 03/09/2012 19h17, última modificação 03/09/2012 19h25
Pesquisa do Ivad mostra 61% da população venezuelana favorável à eleição, contra 39% em apoio à oposição

Considerando nulos, indecisos e os que preferiram não responder, os números dão 50,8% para Chávez e 32,4% para Capriles (Foto: AVN)

São Paulo – A mais recente pesquisa de opinião sobre a eleição presidencial venezuelana, que será disputada no dia 7 de outubro, mostra o atual presidente, Hugo Chávez, com cerca de 20 pontos percentuais de vantagem sobre seu principal adversário, Henrique Capriles.

O levantamento, realizado pelo Ivad (Instituto Venezuelano de Análise de Dados) e divulgado na noite de ontem (2), mostra Chávez, do PSUV (Partido Socialista Unido da Venezuela), com 61,05% de preferência, contra 38,95% do candidato apoiado pela coligação MUD (Mesa da Unidade Democrática), considerando apenas os votos afirmativos. Já quando a pesquisa contabiliza os nulos, indecisos e os que preferiram não responder, equivalente a 16,8% dos entrevistados, os números dão 50,8% para Chávez e 32,4% para Capriles.

Do grupo dos indecisos, 61,4 % consideram que o atual presidente ganhará as eleições,  25% acreditam que o triunfo será da oposição e 13,6% não sabem.

Entre os entrevistados pelo Ivad, 71,5% afirmam que a gestão de Hugo Chávez é positiva,  27,7%, negativa, e 0,8% não sabem responder. A confiança em Chávez está em 61,8%, enquanto a rejeição fica em 36,9%. Apenas 1,3% não manifestaram opinião.

Sobre a preferência partidária, o levantamento constatou que 47,2% se identificam com o PSUV; 7,6% com o “Primeiro Justiça”, 5,2% com a “Ação Democrática” (esses dois últimos integrantes da MUD); 11,9% para todos outros partidos somados. Já 26,9% dizem que não preferem nenhum, enquanto 1,4% responderam ou não sabem.

O Ivad entrevistou 1.200 pessoas em todo o país entre os dias 17 e 27 de agosto. O próximo presidente governará a Venezuela pelos próximos seis anos.

registrado em: ,