Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2011 / 12 / Quatro meses após a posse, presidente do Peru troca 10 dos 18 ministros

Quatro meses após a posse, presidente do Peru troca 10 dos 18 ministros

por Redação da RBA publicado , última modificação 12/12/2011 09h57

São Paulo – A quatro meses e meio no cargo, o presidente do Peru promoveu uma ampla reforma ministerial, substituindo dez dos 18 ministros de seu gabinete. A mais significativa foi no cargo de primeiro-ministro do país. O titular da pasta, Salomón Lerner, renunciou no sábado (10), o que desencadeou as trocas.

Óscar Valdés Dancuart, um empresário e ex-militar, assumiu o posto no domingo (11). Sua indicação foi bem recebida por empresários locais. A escolha causou afastamento de pelo menos um partido aliado do governo, o Peru Posible, do ex-presidente Alejandro Toledo.

As trocas aconteceram na Agricultura, Justiça, políticas para mulheres, Interior, Defesa, Cultura, Trabalho, Produção, Minas e Energiae o Meio Ambiente. Permaneceram ministros de áreas-chave, como Economia, Relações Exteriores, Desenvolvimento e Inclusão Social e Educação.

"Houve erros na coordenação que serão consertados. Esse gabinete trabalhará mais e falará menos", declarou o novo primeiro-ministro, em entrevista à imprensa local.

Com informações da Agência Brasil e OperaMundi