Você está aqui: Página Inicial / Internacional / 2009 / 07 / Zelaya pede ação da ONU e EUA em Honduras

Zelaya pede ação da ONU e EUA em Honduras

Presidente deposto pede apoio político para retornar ao poder
por Sarah Morris publicado , última modificação 21/07/2009 10h56 © 2009 Thomson Reuters. All rights reserved
Presidente deposto pede apoio político para retornar ao poder

Madri - O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, fez um apelo à comunidade internacional, incluindo ONU e EUA, para que apóiem o retorno ao poder de seu país, uma vez que fracassaram as negociações para resolver a crise política no país depois do golpe.

"A comunidade internacional deve marcar um precedente para que isto não se repita e que os golpes de Estado sejam parte da história e que aqueles que tentarem sejam castigados", disse Zelaya em uma entrevista ao jornal espanhol El Mundo.

O jornal indica que entrevistou Zelaya na embaixada de Honduras em Manágua, uma das escalas do presidente depois que foi retirado do país à força por militares que tomaram o poder e conduziram Roberto Micheletti ao poder.

Governos de todo o mundo vem pedindo a volta de Zelaya ao poder e rejeitam o governo interino, mas Micheletti disse na segunda-feira que nunca permitirá a volta de Zelaya à presidência do país.

Ao ser perguntado se a situação teria um fim com intervenção diplomática dos Estados Unidos, Zelaya disse: "Imediatamente. Isto durará o que dura um suspiro quando os Estados Unidos tomarem medidas claras contra os golpistas."

Fonte: Reuters

registrado em: ,