Você está aqui: Página Inicial / Internacional / 2009 / 06 / Kirchner renuncia à presidência do partido peronista

Kirchner renuncia à presidência do partido peronista

Renúncia à presidencia do partido peronista foi motivada pela derrota nas eleições legislativas de domingo
por Lucas Bergman e Guido Nejamkis publicado , última modificação 29/06/2009 19h50 © 2009 Thomson Reuters. All rights reserved.
Renúncia à presidencia do partido peronista foi motivada pela derrota nas eleições legislativas de domingo

Derrota do ex-presidente Néstor Kirchner nas eleições legislativas da Argentina lança disputa presidencial no país (Foto: Reuters/Bernardino Avila)

BUENOS AIRES - O ex-presidente argentino Néstor Kirchner renunciou nesta segunda-feira à presidência do partido peronista, atualmente no governo, depois da derrota nas eleições legislativas de domingo.

Um porta-voz do governo argentino, que também informa habitualmente sobre as atividades partidárias de Kirchner, disse à Reuters que Daniel Scioli, governador da província de Buenos Aires, vai assumir o comando da legenda.

Scioli também foi derrotado na eleição que renovou metade das cadeiras da Câmara dos Deputados e um terço do Senado da Argentina.

Kirchner, considerado o homem forte do governo liderado por sua mulher, a presidente Cristina Kirchner, perdeu a disputa por uma vaga de deputado pela província de Buenos Aires por uma pequena margem.

O vencedor foi o empresário Francisco De Narváez, líder de uma corrente dissidente do peronismo.

Fonte: Reuters

registrado em: ,