Você está aqui: Página Inicial / Esportes / jogos-olimpicos / Rio sediará os Jogos Olímpicos de 2016

Rio sediará os Jogos Olímpicos de 2016

por Jessica Santos, Paulo Donizetti de Souza, Ricardo Negrão e Thiago Domenici publicado , última modificação 02/10/2009 20h02

(Foto: Pedro Kirilos/RioTur)

Copenhague –  O Rio de Janeiro foi escolhido para sediar os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016. A votação em Copenhague ocorreu nesta sexta-feira (2). A cidade venceu Madri, Tóquio e Chicago, esta a primeira a ser desclassificada na votação, que iniciou por volta das 12h20. O Rio venceu por 66 a 32.

A escolha da cidade-sede ocorreu uma hora e meia depois, por volta das 13h50.

Na praia de Copacabana milhares de pessoas acompanharam ao vivo o anúncio. Uma bandeira de 2.200 metros e 800 quilos foi estendida sobre o público.  Logo depois, a bateria da Salgueiro entrou em ação com seu clássico samba-enredo "Explode Coração".

Lula, em Copenhague, disse estar muito emocionado. "Hoje nós quebramos a última coisa de preconceito contra o nosso país. Nós temos o direito a provar que a alma generosa do brasileiro vai fazer a melhor Olimpíada. Aqueles que pensam que o Brasil não tem condições vão se surpreender", disse o presidente.

"Eu não estarei mais na Presidência, mas como cidadão. Saiu do patamar de segunda classe e entrou no primeiro patamar. Respeito é bom e nós gostamos. Essa não é uma vitória individual, mas de 190 milhões de brasileiros, de toda a América Latina", afirmou Lula.

Na entrevista coletiva, perguntado pelo repórter do CQC Felipe Andreolli se "topa" voltar a disputar o Planalto em 2014, Lula não fez uma negativa direta, respondeu apenas que não está em condições de fazer planos de longo prazo. "Um homem de 63 anos só pode pensar no ano seguinte", brincou.

O presidente ressaltou "a alma, a cor, o gingado e a felicidade" do brasileiro. E citou os outros concorrentes. "Eu fui um dos que incentivei o Obama a vir." Chicago foi a primeira a ser eliminada da votação, seguida de Tóquio.

Nas duas últimas décadas, os Jogos aconeteceram duas vezes na Ásia (Seul 1988, e China 2008), uma vez nos EUA (Atlanta 1996), uma vez na Austrália (Sydnei 2000) e duas vezes na Europa (Barcelona 1992 e Atenas 2004). Pode ter pesado contra Madrid a competição já ter tido uma sede espanhola recente e, ainda, mais uma oportunidade européia já programada para Londres em 2012.

O histórico deu força ao argumento de Lula, na defesa do Rio antes da votação, em que fez um apelo por uma oportunidade para um país tropícal, da América do Sul, de ampla miscigenação racial e em nome de consolidar os Jogos como um evento da "humanidade".

Lula terminou a entrevista coletiva ressaltando o povo brasileiro. "O Rio tem alma, tem coração. Quer de verdade fazer as olimpiadas. Os outros apresentaram uma proposta, nós apresentamos a alma."