Você está aqui: Página Inicial / Esportes / 2012 / 08 / Doping tira remadora brasileira da disputa olímpica

Doping tira remadora brasileira da disputa olímpica

No salto com vara, Fabiana Murer não conseguiu passar para final na prova deste sábado
por Agência Brasil publicado 04/08/2012 11h47, última modificação 04/08/2012 11h47
No salto com vara, Fabiana Murer não conseguiu passar para final na prova deste sábado

Brasília – A atleta brasileira do remo Kissya Cataldo estava escalada para disputar, na manhã de hoje (4), a final C do remo, que valia a 13ª colocação no skiff simples feminino, mas ficou de fora. Kyssia foi suspensa dos Jogos Olímpicos de Londres por doping, conforme nota divulgada pouco depois pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB). O doping foi constatado em exame pré-competição, realizado no dia 12 de julho no Brasil, pela Federação Internacional de Remo.

Ainda no remo, a dupla formada por Fabiana Beltrame e Luana Bartholo ficou em 13º no double-skiff peso leve. O ouro ficou com a dupla britânica Katherine Copeland/Sophie Hosking, a prata com as chinesas Dongxiang Xu/Wenyi Huang e o bronze com as gregas Christina Giazitzidou e Alexandra Tsiavou.

Também hoje, Fabiana Murer, uma das principais esperanças de medalha do atletismo brasileiro, não conseguiu avançar para a final do salto com vara. Fabiana é campeã mundial, recordista brasileira e sul-americana do salto com vara (4,85 m). Na prova deste sábado, a favorita, a russa Yelena Isinbaeva, classificou-se com facilidade. 

O atleta carioca Nilson André, de 26 anos, único brasileiro nas qualificatórias dos 100m rasos, ficou em quinto lugar na sua prova, vencida pelo norte-americano Justin Gatlin, com o tempo de 9s97. Nilson está fora da competição.

registrado em: