Você está aqui: Página Inicial / Esportes / 2012 / 02 / Conflito em jogo de futebol no Egito deixa 73 mortos

Conflito em jogo de futebol no Egito deixa 73 mortos

por Sherine El Madany e Ali Abdelatti publicado , última modificação 01/02/2012 19h47 © 2012 THOMSON REUTERS. ALL RIGHTS RESERVED

Após a violência no jogo, a federação de futebol interrompeu os jogos da liga local (Foto: © Stringer/ Reuters)

Cairo - Pelo menos 73 pessoas morreram e 1.000 ficaram feridas em um conflito durante um jogo de futebol na cidade egípcia de Port Said, no pior desastre na história do futebol do país, disseram autoridades sanitárias.

"Isso é desastroso e profundamente triste. É o maior desastre da história do futebol do Egito", afirmou o vice-ministro da Saúde, Hesham Sheiha, à televisão estatal.

A partida era entre Al Ahli, um dos clubes de maior sucesso do Egito, e o al-Masry, um time de Port Said. Imagens ao vivo da TV mostraram torcedores correndo para dentro do campo e perseguindo jogadores do Ahli, que perdeu por 3 x 1.

Promotores egípcios determinaram uma investigação sobre a invasão do campo e a violência que se seguiu, segundo fontes judiciais.

A federação de futebol do país interrompeu indefinidamente os jogos da liga local após a violência, informou a TV estatal.

Fonte: Reuters

registrado em: , , , ,