Você está aqui: Página Inicial / Cultura / 2015 / 03 / Circuito São Paulo de Cultura terá de Elba Ramalho a Palavra Cantada

600 atividades

Circuito São Paulo de Cultura terá de Elba Ramalho a Palavra Cantada

Programação, que começa no dia 22, levará shows, apresentações de teatro e circo para 40 espaços públicos, em todas as regiões da cidade
por Sarah Fernandes, da RBA publicado 16/03/2015 18h32
Programação, que começa no dia 22, levará shows, apresentações de teatro e circo para 40 espaços públicos, em todas as regiões da cidade
Reprodução
ZAZ

Cantora francesa Zaz, reconhecida como fenômeno da música contemporânea, fará show gratuito no próximo dia 22

São Paulo – Com pelo menos 600 atividades gratuitas até julho, a programação cultural do município de São Paulo, lançada hoje (16) pela Secretaria Municipal de Cultura, incluirá de nomes tradicionais do cenário artístico – como Elba Ramalho, Arnaldo Antunes, Originais do Samba e Teatro Mágico – até grupos independentes de teatro, dança, circo e música. A maioria dos eventos ocorrerá mais de uma vez em diferentes bairros, circulando por pelo menos 40 espaços culturais em todas as regiões da cidade, como bibliotecas, teatros e pontos de cultura. A programação completa está disponível aqui.

As atividades fazem parte do Circuito São Paulo de Cultura, projeto lançado em 2014 que visa a ampliar e descentralizar as atrações culturais no município, aumentando o público nos equipamentos públicos de cultura. Para este ano, foram incluídas programação infantil, de cinema, circo e literatura, além da agenda de música, teatro e dança, que já rechearam a programação do ano passado. Ao todo, foram investidos R$ 5,4 milhões nesta primeira etapa, com verba própria da prefeitura.

“Estamos preservando o calendário da cidade e os grandes eventos, mas também estamos descentralizando as atividades culturais, para que elas cheguem a todos os espaços”, afirmou o prefeito Fernando Haddad. “Essa ação visa a levar cultura para todos os moradores da cidade.” A expectativa da prefeitura é que nos próximos meses seja lançada a segunda etapa da programação, que inclui eventos nos Centros Educacionais Unificados (CEUs), contemplando assim todas as subprefeituras.

O show de abertura está marcado para o próximo dia 22, no Auditório Ibirapuera, com a cantora francesa Zaz, reconhecida como um fenômeno da música contemporânea, que recentemente realizou uma turnê paga pela América Latina. Ela irá apresentar o repertório do seu novo trabalho, o disco Paris, lançado em 2014 em homenagem à capital francesa. No show, que será gratuito, Zaz dividirá o palco com as brasileiras Céu e Tulipa Ruiz.

Na música, se destacam também apresentações de Zizi Possi, Cauby Peixoto, Guilherme Arantes, Ângela Ro Ro, Marcelo Jeneci, Tetê Espíndola, Wanderléa e Mombojó. A proposta é que os grupos façam sempre mais de uma apresentação, em diferentes locais da cidade, circulando por diferentes bairros.

“Agora temos agora uma programação distribuída em toda a cidade, ao longo do ano. A prefeitura é a principal promotora de atividades culturais na cidade. O circuito não esgota as atividades culturais dos equipamentos, que muitas vezes tem uma programação própria, que é mantida”, afirmou o secretário municipal de Cultura, Nabil Bonduki.

Na programação de dança, destaca-se o espetáculo da Focus Cia. de Dança chamado Saudade de Mim. Em junho, teatros da cidade recebem Rêverie, da dançarina e coreógrafa Morena Nascimento. Entre as atrações de teatro está o espetáculo Não vejo Moscou da janela do meu quarto, com direção da premiada Silvana Garcia, a comédia Vidas Privadas, dirigida por José Possi Neto, e a montagem A Alma Imoral, com a atriz Clarice Niskier.

A partir deste ano, toda programação cultural da cidade contará com atividades específicas para o público infanto-juvenil, por meio de uma parceria com o programa São Paulo Carinhosa. As crianças contarão com o espetáculo circense Tirando os Pés do Chão, da Cia. Nau de Ícaros, e com shows do grupo musical Pequeno Cidadão e Palavra Cantada. “Das 600 atividades, 200 são para crianças. Nós demos um salto com uma programação de muita qualidade, que é extremamente importante para as crianças”, afirmou a primeira-dama da cidade, Ana Estela Haddad.

Outra novidade deste ano é que cinema e literatura passaram a fazer parte da programação. Em parceira com a empresa municipal de cinema da cidade, a SPCine, serão apresentados filmes paulistas e produções argentinas inéditas no Brasil. A Secretaria de Cultura vai adquirir e entregar filmes para os acervos das bibliotecas públicas.

Na área de literatura, estão previstos encontros com escritores em bibliotecas, pontos de leitura e ônibus-biblioteca. Participarão os quadrinistas Fabio Moon e Gabriel Bá e o escritor Milton Hatoum. Foram preparadas também mesas de temáticas para discutir música e literatura, biografias e histórias em quadrinhos.

A edição de 2014 do Circuito São Paulo de Cultura – que teve apenas quatro meses, metade do previsto para 2015 – aumentou em 42% o público nos espaços municipais de cultura, nas mais de mil atrações gratuitas realizadas ao longo do ano, que reuniram pelo menos 1 milhão de pessoas em todas as regiões.