Você está aqui: Página Inicial / Cultura / 2013 / 02 / CUT será homenageada por escola de samba paulistana no Anhembi

CUT será homenageada por escola de samba paulistana no Anhembi

por Redação da RBA publicado , última modificação 10/02/2013 11h54
A letra do samba que homenageia a CUT

Vermelho e branco manto sagrado
Sou COLORADO DO BRÁS
Avante nessa avenida
Por lutas, direitos, conquistas
Há tempos o homem guerreiro 
Caminhando com a evolução 
Se dedicando de sol a sol 
Em busca de seus ideais
Um trabalho é chegar ao trabalho 
Vencendo barreiras o tempo não para 
Brasil nossa pátria amada 
No campo colhendo alegria
País da arte que reflete a magia

Vem ver meu povo vencedor 
Que traz na alma seu valor
Na luta pelo seu quinhão
A sua garra é espelho da nação

Fazer valer seus direitos 
Ter prosperidade com toda família 
Aos filhos saúde, educação uma vida melhor 
Paz e felicidade 
Surgiram greves e movimentos 
Brilhou a estrela de um operário 
Brava mulher a lutar 
Hoje é presidente do nosso país 
Em uma só voz vamos agradecer 
Povo guerreiro parabéns para você!

São Paulo – Com o enredo "O Trabalho enobrece o homem... lutas, direitos e conquistas de um povo vencedor", o Grêmio Recreativo Escola de Samba Colorado do Brás vai contar os 30 anos de criação da Central Única do Brasil, a CUT, celebrados este ano. A escola desfila às 21h desta segunda-feira (11), como integrante do Grupo 2 da União das Escolas de Samba de São Paulo.

Em nota, a escola afirma que a letra do enredo, de autoria de Danilo Dantas, procura retratar o dia a dia do trabalhador – “que é árduo, as batalhas enfrentadas por ele e as conquistas obtidas pela classe trabalhadora”, e lembra que os trabalhadores elegeram “um operário e uma mulher à Presidência da República.”

O título do enredo é “O trabalho enobrece o homem: Lutas, Direitos e Conquistas de um povo vencedor”. Segundo Leandro Donato, presidente da Colorado do Brás, trata-se de uma homenagem prestada a todos os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. “Abordamos vários segmentos da classe trabalhadora e a parte mais comovente do nosso enredo e de nosso samba se dá ao fazermos memória de 30 anos atrás – quando no ABC surgiram os movimentos sindicais”, afirma Donato.

A letra se refere também aos dois últimos presidentes do Brasil. “Dentro do movimento sindical, brilhou ainda mais a estrela de um operário”, fazendo alusão ao ex-presidente Lula. “Logo após, entramos com uma homenagem a todas as trabalhadoras”, explica Donato.

Segundo ele, a música quer dar um grande parabéns aos 30 anos da Central Única dos Trabalhadores. “A parceria com a CUT nasceu em 2011 e hoje já estamos indo para o terceiro carnaval. E isso para a escola é de uma importância sem tamanho.”

 Com reportagem de Vanessa Ramos, da CUT/SP