Você está aqui: Página Inicial / Educação / 2017 / 04 / Pesquisa: 70% dos alunos apontam questões financeiras para não ingressar na faculdade

barreira

Pesquisa: 70% dos alunos apontam questões financeiras para não ingressar na faculdade

Acesso a planos de financiamento que ajudariam o ingresso ao ensino superior é cada vez mais restrito
por Redação RBA publicado 26/04/2017 10h12, última modificação 26/04/2017 10h30
Acesso a planos de financiamento que ajudariam o ingresso ao ensino superior é cada vez mais restrito
EBC
universidade particular.jpg

Para 74% dos pais e 70% dos estudantes, a faculdade é o caminho natural depois do ensino médio

São Paulo – De acordo com uma pesquisa feita pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), que representa cerca de 1.200 instituições particulares do ensino superior do país, 70% dos alunos que não entraram na universidade, após concluir o ensino médio, apontam questões financeiras como o principal obstáculo.

O acesso a planos de financiamento que ajudariam o ingresso ao ensino superior é cada vez mais restrito. Em 2014, 730 mil alunos foram beneficiados por financiamentos estudantis, neste ano o número caiu para 150 mil.

O diretor da entidade, Jonguiê Diniz, defende políticas de financiamento para permitir maior acesso a cursos de graduação. "A gente precisa achar elementos para dar sustentabilidade em financiamentos, bolsas de estudo, para que a gente consiga chegar, pelo menos, em parte da meta do Plano Nacional de Educação, que pretende colocar 33% da população com idade universitária nas faculdades, até 2024", afirmou.

Os dados mostram que maioria dos alunos que saem do ensino médio gostariam de ir direto para faculdade. Para 74% dos pais e 70% dos estudantes, a faculdade é o caminho natural depois de sair do ensino médio. Entre os alunos que não entraram na faculdade logo que terminaram o ensino médio, 62% gostariam de fazer um curso superior.

Entre os entrevistados, 70% alegaram que não teriam condições de arcar com os custos, 23% não conseguiriam passar na universidade pública e 21% tiveram que começar a trabalhar.

A pesquisa ainda traz o dado de que 24% dos estudantes do ensino médio tiveram que dar uma pausa nos estudos em algum período, por terem conseguido um emprego ou por conta do baixo desempenho e repetência.

Assista à reportagem da TV Brasil no Seu Jornal, da TVT: