Você está aqui: Página Inicial / Economia / 2014 / 09 / Após quatro quedas, IGP-M sobe, mas tem menor taxa acumulada desde 2012

Inflação

Após quatro quedas, IGP-M sobe, mas tem menor taxa acumulada desde 2012

Índice de referência do aluguel soma 3,54% em 12 meses. Preços ao consumidor têm alta, com destaque para alimentação
por Redação RBA publicado 29/09/2014 12h12
Índice de referência do aluguel soma 3,54% em 12 meses. Preços ao consumidor têm alta, com destaque para alimentação

São Paulo – Depois de quatro meses de deflação, o Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) teve variação de 0,20% em setembro, segundo informou hoje (29) a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Mesmo assim, a taxa acumulada em 12 meses, de 3,54%, é a menor desde março de 2012 (3,23%). No ano, o IGP-M soma 1,76%.

Os preços ao consumidor (IPC), que representam 30% do índice geral, subiram 0,42%, ante 0,02% em agosto. Entre os itens, o grupo Alimentação foi de -0,11% para 0,40%. A FGV destaca a alta de 2,68% do item carnes bovinas, que no mês passado havia registrado variação de -0,37%. Em 12 meses, o IPC varia 6,78%.

O IPA (preços ao produtor), que responde por 60% do total, foi de -0,45% para 0,13%. Em 12 meses, totaliza 1,89%.

E o INCC (custos de construção) ficou praticamente estável, de 0,19% para 0,16%. O índice acumulado atinge 6,79%.

registrado em: , , ,