Você está aqui: Página Inicial / Economia / 2013 / 12 / Com alta menor dos alimentos, ritmo da inflação diminui em São Paulo

Dieese

Com alta menor dos alimentos, ritmo da inflação diminui em São Paulo

ICV de novembro foi de 0,45%, abaixo do mês anterior, e chega a 5,58% no ano
por Redação RBA publicado 06/12/2013 12h43, última modificação 06/12/2013 13h12
ICV de novembro foi de 0,45%, abaixo do mês anterior, e chega a 5,58% no ano

São Paulo – O Índice do Custo de Vida (ICV), medido pelo Dieese na cidade de São Paulo, foi de 0,45% em novembro, ante 0,64% no mês anterior. Também ficou abaixo de novembro de 2012 (0,57%). Mais uma vez, os preços dos alimentos puxaram a alta, embora em ritmo menor: a variação do grupo passou de 1,33%, em outubro, para 0,74%. A inflação está acumulada em 5,58% no ano. Em 12 meses, vai a 6,03%, abaixo dos 12 meses imediatamente anteriores (6,16%).

O grupo Alimentação, de maior peso no ICV (30,73%) foi responsável por metade da taxa geral (0,23 ponto percentual). Os preços das frutas subiram 4,55%, com destaque para abacate (32,12%), laranja (7,06%) e banana (4,36%). A carne bovina aumentou 1,68% e a suína, 0,51%. Os preços dos grãos recuaram -1,08%, com queda de 4,21% no feijão e alta de 0,27% no arroz.

Com alta de 0,71%, o grupo Saúde teve alta de 1,93% nas consultas médicas e de 0,64% nos seguros e convênios. Em Habitação (0,24%), as principais variações foram do botijão de gás (2,77%) e dos itens de limpeza doméstica (1,53%).

O Dieese lembra que a variação em 12 meses é crescente conforme o poder aquisitivo: 4,97% no estrato 1 (famílias de menor renda), 5,48% no estrato 2 (intermediário) e 6,56% no 3.

registrado em: , , ,