Você está aqui: Página Inicial / Economia / 2013 / 06 / Comissão do Senado aprova fim do IR sobre o 13º salário

isenção

Comissão do Senado aprova fim do IR sobre o 13º salário

Se aprovado em definitivo, projeto levará a renúncia fiscal de R$ 8 bilhões em 2014
por jpsoares publicado 20/06/2013 12h22, última modificação 20/06/2013 18h11
Se aprovado em definitivo, projeto levará a renúncia fiscal de R$ 8 bilhões em 2014
Waldemir Barreto/Agência Senado
lobão filho_waldemir barreto.ag senado.jpg

A proposta é de autoria de Lobão Filho (PMDB-MA) e seguirá para Comissão de Assuntos Econômicos

São Paulo - O 13º salário poderá ficar isento do Imposto de Renda das Pessoas Físicas, conforme projeto de lei aprovado ontem (19) pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado. A proposta é de autoria do senador Lobão Filho (PMDB-MA) e agora segue para a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), da qual receberá decisão terminativa.

Ao apresentar o projeto de lei do Senado 266/2012, Lobão Filho argumentou que há distorções na lei que trata do Imposto de Renda (Lei 7.713/1988). Ele explicou que a incidência do tributo é feita na fonte com aplicação das mesmas alíquotas da tabela progressiva, o que não permite que o décimo terceiro salário receba os mesmos abatimentos e deduções e, assim, a cobrança acontece com o uso de alíquotas mais altas.

De acordo com a Receita Federal, a estimativa de renúncia fiscal em 2013, com a aprovação do projeto, seria de quase R$ 7,5 bilhões, valores que chegariam a R$ 8,2 bilhões em 2014 e R$ 9 bilhões em 2015.