Você está aqui: Página Inicial / Economia / 2011 / 04 / Emprego na indústria cresce 0,5% de janeiro para fevereiro

Emprego na indústria cresce 0,5% de janeiro para fevereiro

por Cristiane Ribeiro, da Agência Brasil publicado 08/04/2011 11h41, última modificação 08/04/2011 12h02

Rio de Janeiro – Depois de ficar praticamente estável nos últimos seis meses de 2010, o nível de emprego na indústria brasileira cresceu 0,5% em fevereiro na comparação com o mês de janeiro. Em relação a fevereiro do ano passado, o número de contratações no setor teve alta de 2,9%, o 13º resultado positivo consecutivo nesse indicador.

Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário (Pimes) de fevereiro, divulgada nesta sexta-feira (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Ainda na comparação com fevereiro do ano passado, a pesquisa do IBGE aponta que houve aumento de contratações em 13 dos 14 locais investigados. São Paulo (2,0%), Minas Gerais (4,6%), a Região Norte e Centro-Oeste (4,8%), a Região Nordeste (3,1%), o Rio Grande do Sul (3,6%) e Santa Catarina (3,1%) foram os destaques. Treze dos 18 setores aumentaram o número de postos de trabalho. Entre eles estão: meios de transporte (8,7%), máquinas e equipamentos (6,7%), produtos de metal (7,5%), alimentos e bebidas (2,3%) e máquinas e aparelhos eletroeletrônicos e de comunicações (6,4%).

De acordo com a pesquisa, em fevereiro, o valor da folha de pagamento dos trabalhadores da indústria cresceu 1,1% em relação a janeiro, a segunda taxa positiva consecutiva, acumulando nos dois primeiros meses do ano um ganho de 6,3%. Na comparação com fevereiro de 2010, a folha de pagamento dos trabalhadores do setor teve alta de 6,8%.