Você está aqui: Página Inicial / Economia / 2009 / 11 / Concessionárias preveem alta de até 10% na vendas de automóveis em 2010

Concessionárias preveem alta de até 10% na vendas de automóveis em 2010

Apesar da redução de 5,2% em outubro na comparação com o mês anterior, vendas cresceram 25,2% em relação ao mesmo período de 2008
por Redação da RBA publicado 04/11/2009 11h29, última modificação 04/11/2009 11h35
Apesar da redução de 5,2% em outubro na comparação com o mês anterior, vendas cresceram 25,2% em relação ao mesmo período de 2008

Em outubro deste ano, foram 281.306 unidades comercializadas (Foto: Cesar Ferrari/Reuters)

A Fenabrave, associação das concessionárias, prevê crescimento de 9% a 10% nas vendas de automóveis e comerciais leves para 2010. Nesta quarta-feira (4), a entidade divulgou os resultados de outubro, apontando queda de 5,17% na comparação com setembro e 25,2% em relação ao mesmo período de 2008.

A Fenabrave já esperava retração das vendas de outubro na comparação com o mês imediatamente anterior, diante do retorno gradual do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) incidente sobre carros. Em outubro deste ano, foram 281.306 unidades comercializadas. Em setembro, último mês com desconto cheio do IPI, as vendas de automóveis e comerciais leves foram recordes em 296.651 unidades.

"A diferença entre outubro de 2008 e de 2009 nós não devemos usar como comparação, porque foi nesse período do ano passado que a crise afetou a indústria", explica Sérgio Reze, presidente da entidade.

Reze considera que o mercado já superou a crise. "Na comparação mensal, o que ocorreu foi um forte estresse do mercado, com os consumidores procurando comprar antes da volta do IPI, ainda que as concessionárias e montadoras tenham feito forte campanha em outubro para as vendas com preços nos patamares dos preços de setembro", afirmou Reze.

No acumulado de janeiro a outubro, os emplacamentos de automóveis e comerciais leves no varejo cresceram 7,39% ante igual intervalo de 2008, para 2,493 milhões de unidades, conforme a Fenabrave.

Incluindo ônibus e caminhões, as vendas em outubro somaram 294.442 unidades, queda de 4,62% sobre setembro.

Com informações da Reuters