Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2017 / 12 / MST denuncia ameaça de despejo forçado no interior de São Paulo

Alerta

MST denuncia ameaça de despejo forçado no interior de São Paulo

Com tratores e caminhões, e sem ordem judicial, fazendeiro ameaça destruir barracos do acampamento Dom Tomás, em Cabrália Paulista
por Redação RBA publicado 19/12/2017 13h38
Com tratores e caminhões, e sem ordem judicial, fazendeiro ameaça destruir barracos do acampamento Dom Tomás, em Cabrália Paulista
MST
acampamento Dom Tomás

MST também denuncia que trabalhadores do acampamento Dom Tomás já foram ameaçados de morte por fazendeiro

São Paulo – O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) denuncia tentativa de fazendeiro de despejar à força famílias que vivem no acampamento Dom Tomás, no município de Cabrália Paulista, interior paulista, a cerca de 360 quilômetros da capital.  

Os trabalhadores afirmam que o fazendeiro Ademir Chiarotti, que reivindica a posse da propriedade, chegou ao acampamento na manhã desta terça-feira (19) com caminhões e tratores, acompanhado por homens armados, ameaçando destruir por conta própria os barracos das famílias acampadas, para desocupar a área, mesmo sem a mediação das autoridades.

Confira a íntegra do comunicado do MST

Urgente

O acampamento Dom Tomás do MST, localizado nas margens de uma estrada municipal no município de Cabrália Paulista, está neste momento sob ameaça de despejo forçado pelo fazendeiro e seus jagunços. Querem tirar as famílias através da força sem a mediação das autoridades. O fazendeiro chegou nesta manhã com caminhões e tratores, ameaçando passar por cima dos barracos.

Denunciamos que diversos militantes do MST na região já foram ameaçados de morte por este fazendeiro. Pedimos que os companheiros possam intervir junto à prefeitura e o comando da polícia para evitar que aconteça um conflito envolvendo as famílias e a militância do MST com o fazendeiro e seus jagunços.