Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2017 / 10 / Ação policial tenta barrar show de Caetano Veloso em ocupação do MTST

No ABC paulista

Ação policial tenta barrar show de Caetano Veloso em ocupação do MTST

Local com 8 mil famílias deverá receber apresentação do músico no início da noite. Vários artistas visitam a área
por Redação RBA publicado 30/10/2017 16h59, última modificação 30/10/2017 19h09
Local com 8 mil famílias deverá receber apresentação do músico no início da noite. Vários artistas visitam a área
Mídia Ninja
Sem medo

Polícia barra som, mas público vai chegando. Artistas como Alinne Moraes, Sonia Braga e Marina Person estão ali

São Paulo – A menos de três horas de apresentação do cantor Caetano Veloso, nesta segunda-feira (30), policiais e guardas civis impedem a entrada de equipamentos de som na Ocupação Povo sem Medo, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. A denúncia está sendo feita em rede social pelo coordenador do Movimento do Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos. "A PM e a GCM acham que a vontade do prefeito Orlando Morando vale mais do que a Constituição", afirmou o ativista.

Vários artistas já chegaram ao local, dando apoio à ocupação, que reúne aproximadamente 8 mil famílias. Entre eles, estão as atrizes Sônia Braga, Alinne Moraes e Letícia Sabatella e a apresentadora Marina Person. O movimento começou em 2 de setembro, em uma área desocupada há quatro décadas. Um grupo de artistas tenta conversar com representantes da prefeitura.

Os sem-teto querem que o local, pertencente a uma construtora, seja desapropriado para a construção de moradias populares.

Leia também:

Juíza proíbe show de Caetano Veloso em ocupação do MTST