Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2017 / 06 / Da capital federal ao interior de SP, continuam os protestos contra reformas de Temer

protesto

Da capital federal ao interior de SP, continuam os protestos contra reformas de Temer

Em Brasília, manifestantes ocuparam a sede do PSDB contra decisão do STF que devolveu o mandato do senador Aécio Neves
por Redação RBA, com Coletivo #GrevePorDireitos publicado 30/06/2017 13h49, última modificação 30/06/2017 14h36
Em Brasília, manifestantes ocuparam a sede do PSDB contra decisão do STF que devolveu o mandato do senador Aécio Neves
COLETIVO GREVE POR DIREITOS
SP Sorocaba.jpg

Em Sorocaba, comerciantes fecharam as portas em solidariedade aos trabalhadores que fazem o protesto

São Paulo – As ações do dia nacional de greves e paralisações continuam a ocorrer em todo o país no ao longo desta sexta-feira (30). Centrais sindicais e movimentos sociais protestam contra as reformas trabalhista e da Previdência propostas pelo governo Temer. 

No Distrito Federal, integrantes de movimentos sociais e militantes do Psol ocuparam a sede do PSDB, em Brasília, em protesto contra decisão do STF que anulou a suspensão do mandato do senador tucano Aécio Neves

Em São Miguel Paulista, na periferia de São Paulo, os manifestantes percorrem as principais ruas do bairro contra as reformas e pela saída de Temer da presidência. Em Sumaré, no interior paulista, trabalhadores e trabalhadoras da empresa Flaskô, professores da rede estadual e municipal, e integrantes da ocupação que leva o nome da cidade engrossam o ato que percorre as ruas do centro.

Em Campinas, trabalhadores e movimentos sociais se reúnem no Largo do Rosário no início da tarde, contra as reformas de Temer. Em Sorocaba, também no interior de São Paulo, as mobilizações reuniram os sindicatos dos metalúrgicos, dos rodoviários, dos químicos, dentre outros, que fizeram passeata pelas ruas do centro da cidade. Os comerciantes fecharam as portas em solidariedade aos trabalhadores.

Em Feira de Santana, na Bahia, a manifestação se concentrou em frente à prefeitura e depois ganhou as ruas do Centro. 

Confira as imagens:

COLETIVO GREVE POR DIREITOS osasco.jpg
Ato contra a reforma trabalhista em Osasco

COLETIVO GREVE POR DIREITOS belém.jpg
Ato em Belém tem grande participação popular

 

COLETIVO GREVE POR DIREITOS campinas.jpg
Em Campinas, trabalhadores e movimentos sociais se reúnem no Largo do Rosário

COLETIVO GREVE POR DIREITOS curitiba.jpg
Em Curitiba, centenas de trabalhadores protestam contra as reformas do governo Temer

COLETIVO GREVE POR DIREITOS mariana.jpg
População de Mariana-MG marcha sobre as ruas históricas da cidade

COLETIVO GREVE POR DIREITOS psdb df.jpg
No Distrito Federal, integrantes de movimentos sociais e militantes do Psol ocuparam a sede do PSDB, em Brasília

COLETIVO GREVE POR DIREITOS rj macaé.jpg
Ato contra as reformas continua em Macaé-RJ

Leia mais: