Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2016 / 07 / Em resposta a bloqueio do Whatsapp, Anonymous derruba site do TJ-RJ

guerra virtual

Em resposta a bloqueio do Whatsapp, Anonymous derruba site do TJ-RJ

Ação responde a ato da juíza Daniella Barbosa Assumpção de Souza, da 2ª Vara Criminal de Duque de Caxias, que determinou hoje (19) o bloqueio do aplicativo Whatsapp em todo o país
por Redação RBA publicado 19/07/2016 15h45, última modificação 19/07/2016 16h06
Ação responde a ato da juíza Daniella Barbosa Assumpção de Souza, da 2ª Vara Criminal de Duque de Caxias, que determinou hoje (19) o bloqueio do aplicativo Whatsapp em todo o país
Reprodução
anonymous.jpg

Ilustração na página do Anonymous no Facebook pede o fim das ações de bloqueio por parte da Justiça

São Paulo – O coletivo Anonymous Brasil derrubou a página do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), em resposta ao ato da juíza Daniella Barbosa Assumpção de Souza, da 2ª Vara Criminal de Duque de Caxias, que determinou hoje (19) o bloqueio do aplicativo Whatsapp em todo o país. Esta é a quarta vez que o aplicativo é bloqueado no território brasileiro.

A juíza disse que a empresa foi notificada três vezes a colaborar com informações para investigação em Caxias, na Baixada Fluminense. A juíza também se irritou com um e-mail da empresa em inglês, em que eram alegadas dificuldades técnicas para cumprir a decisão.

Em sua página no Facebook, o Anonymous justifica seu ato: “A balança da justiça hoje equilibra-se com o crime de um lado e o dinheiro do outro. Eis que aqui repetimos o gesto de V, na destruição de um símbolo que há tempos desvirtuou-se. Quem sabe, um dia, a justiça e a liberdade, irmãs siamesas, condenadas a viver separadas, voltarão a juntar-se bem de perto, costas com costas. No lugar de pólvora, bits. Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Off em protesto ao bloqueio do WhatsApp: http://www.tjrj.jus.br/”.

Saiba mais:

registrado em: ,