Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2015 / 12 / Festival em São Paulo celebra o Dia Internacional dos Direitos Humanos

diversidade

Festival em São Paulo celebra o Dia Internacional dos Direitos Humanos

Em oito dias de evento, estão previstas mais de 40 atividades, todas gratuitas. Encerramento terá Elza Soares, Criolo, Mano Brown, Ney Matogrosso e Ava Rocha
por Redação RBA publicado 06/12/2015 10h15
Em oito dias de evento, estão previstas mais de 40 atividades, todas gratuitas. Encerramento terá Elza Soares, Criolo, Mano Brown, Ney Matogrosso e Ava Rocha
prefeitura municipal de são paulo/secom
cidadania nas ruas.png

Evento é realizado pela terceira vez consecutiva na capital paulista

São Paulo – A Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo organiza, pelo terceiro ano consecutivo, o Festival de Direitos Humanos – Cidadania nas Ruas. Diversas atividades devem tomar as ruas de hoje (6) até o próximo domingo (13) para comemorar o Dia Internacional dos Direitos Humanos, na quinta-feira (10).

Durante a semana, estão previstas atividades nas áreas de cinema, teatro, música, oficinas, exposições, debates, prêmios, lançamentos, prestação de serviços e intervenções urbanas espalhadas pela cidade, todas gratuitas. Os temas que orientam a programação passam por participação social, cidadania, educação, juventude, ciência, imigração, memória e cidade humana, democrática e diversa.

O festival começa às 15h no Minhocão, com uma partida de futebol entre refugiados e pessoas em situação de rua. Após o jogo, haverá uma discotecagem com diversos DJs, seguida de um encontro com representantes do governo municipal e da exibição do filme Aconteceu Bem Aqui, de Camilo Tavares.

A festa de encerramento terá show no auditório externo do Parque do Ibirapuera com Elza Soares, Criolo, Mano Brown, Ney Matogrosso, Pitty e Ava Rocha.

No Dia Internacional dos Direitos Humanos, a programação será centrada na entrega de prêmios para representantes de projetos que promovem e defendem os direitos humanos. Neste ano, a homenageada com o Prêmio de Direitos Humanos D. Paulo Evaristo Arns, será a deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP). Ainda serão premiados, com o 3º Prêmio Municipal de Educação em Direitos Humanos, alunos e professores da rede pública municipal de ensino que criaram iniciativas ligadas ao tema.

A programação completa pode ser consultada aqui.