Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2014 / 07 / Rodoanel Leste inaugurado às pressas por Alckmin deixa motoristas à própria sorte

há três semanas

Rodoanel Leste inaugurado às pressas por Alckmin deixa motoristas à própria sorte

Faltam placas de sinalização, não há sinal para telefones celulares, os guichês de atendimento não estão funcionando e em diversos pontos é possível se deparar com canteiros de obras
por Renan Fonseca, do ABCD Maior publicado 22/07/2014 14h51
Faltam placas de sinalização, não há sinal para telefones celulares, os guichês de atendimento não estão funcionando e em diversos pontos é possível se deparar com canteiros de obras
Futura Press/Folhapress
rodoanel leste

Rodoanel Leste cruza as cidades de Arujá, Itaquaquecetuba, Mauá, Poá, Suzano e Ribeirão Pires

São Bernardo do Campo – Os motoristas que tentarem acessar o trecho Leste do Rodoanel Mário Covas nos próximos dias vão precisar de sorte e senso de direção apurado. Faltam placas de sinalização, não há sinal para telefones celulares, os guichês de atendimento não estão funcionando e em diversos pontos é possível se deparar com canteiros de obras. Quem utiliza a via logo pela manhã encontra cena bem conhecida: em velocidade alta, o motorista encontra operários no acostamento fazendo sinal com a mão indicando a redução da velocidade. À noite, o cenário é mais dificultoso, pois longos trechos permanecem sem iluminação.

Após três semanas de o governador Geraldo Alckmin (PSDB) usar o modal ainda inacabado para evento político de inauguração, as falhas da rodovia lembram os percalços vividos pelos condutores que tentaram usar o trecho Sul em seus primeiros meses de funcionamento. No caso do tramo Leste, com entroncamento em Mauá e que segue passando por Ribeirão Pires até a rodovia Ayrton Senna, a previsão inicial do próprio Alckmin era que os 43,5 quilômetros de extensão da rodovia não tivessem qualquer iluminação. “A empresa entendeu a necessidade de instalar postes”, comentou o governador durante a cerimônia feita no dia 3 deste mês. Naquele dia, porém, o governador permitiu a liberação, para o dia seguinte, de 37,7 quilômetros de pistas que representam 81,6% da obra.

A praça de pedágio em Mauá, primeira construção a aparentar condições para funcionamento antes mesmo da inauguração, também não funciona. Os veículos são direcionados, através de cones laranjas espalhados pela pista, a passarem entre alguns guichês. A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) informou que não há previsão para a cobrança dos R$ 2,10 de tarifa.

Perdido

O Rodoanel Leste cruza as cidades de Arujá, Itaquaquecetuba, Mauá, Poá, Suzano e Ribeirão Pires. Porém, ao longo do trajeto, seja sentido Ayrton Senna/Mauá, ou o inverso, não é possível ao motorista descobrir em qual município se encontra. As placas de retorno, de fato, estão posicionadas. Informações ao condutor ou socorro imediato ainda são soluções que o próprio motorista deve alcançar. Ainda na manhã de ontem  (21), a reportagem do ABCD Maior flagrou operários instalando um dos call box (caixas com telefones para serem usados em caso de emergência) – os demais, em todo o trecho, estão cobertos por plástico preto.

Em nota, a SPMar, concessionária dos trechos Leste e Sul, informou que “toda iluminação obrigatória da rodovia já foi instalada, seguindo as normas técnicas e os itens contratuais”. Além disso, informou que no momento a rodovia está na fase final de implantação dos sistemas de atendimento ao usuário. "Durante este período, a concessionária está dobrando o efetivo de viaturas para realizar o atendimento ao usuário, além de contar com apoio da Polícia Rodoviária. Em caso de problema no veículo, o usuário não ficará desassistido.”

A nota continua: “Como curiosidade, dos atendimentos realizados na rodovia apenas 3% são originados por ligações dos telefones de emergência. A grande maioria é identificada pelas viaturas da concessionária que circulam a via 24 horas por dia, somadas com as 21 da Polícia Militar Rodoviária”.

A SP Mar conclui: “Com relação à telefonia móvel, cerca de 85% das pistas têm cobertura de sinal de telefone móvel. Porém, a implantação esse serviço  cabe às operadoras de telefonia, que já foram contatadas pela concessionária para ampliar o serviço”.