Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2013 / 05 / Prefeitura quer internet gratuita em 120 pontos de São Paulo

Prefeitura quer internet gratuita em 120 pontos de São Paulo

Projeto, que prevê distribuição do serviço entre os 96 distritos da cidade, terá audiência pública no próximo dia 10
por Redação da RBA publicado 03/05/2013 18h11, última modificação 03/05/2013 11h50
Projeto, que prevê distribuição do serviço entre os 96 distritos da cidade, terá audiência pública no próximo dia 10

São Paulo - A Secretaria de Serviços Municipais de São Paulo promove no próximo dia 10 uma audiência pública para discutir com a população o projeto que prevê instalação de internet sem fio gratuita em 120 pontos da cidade. O debate começa às 10h no Palácio do Anhangabaú, sede da prefeitura.

De acordo com o comunicado da audiência pública, a intenção é distribuir os pontos entre os 96 distritos da cidade. No plano de metas do prefeito Fernando Haddad (PT), divulgado no mês passado, havia a previsão de que a internet gratuita teria velocidade  mínima deve ser de 512 kbps, podendo chegar a 2 mega.

O plano também prevê que o número máximo de acessos simultâneos nestes locais deve levar em conta o fluxo de pessoas e a média de uso do serviço.

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, após uma reunião na prefeitura com Haddad em 22 de fevereiro, afirmou que a prefeitura tinha intenção de flexibilizar as restrições para instalação antenas de telefonia na cidade em troca do fornecimento de wi-fi grátis pelas empresas em áreas públicas da cidade.

Segundo o plano de metas da prefeitura, além das praças, a prefeitura também quer o fornecimento de wi-fi em outros equipamentos públicos. Entre os locais onde haverá internet de graça estariam o Vale do Anhangabaú, o Pateo do Colégio e a Praça Roosevelt, de acordo com matéria publicada hoje (3) pelo jornal Folha de S.Paulo. A Secretaria de Serviços não confirmou nem desmentiu as informações sobre os futuros pontos. 

registrado em: