Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2012 / 02 / Morre o presidente da CPT, "bispo da reforma agrária"

Morre o presidente da CPT, "bispo da reforma agrária"

por Redação da RBA publicado 13/02/2012 16h59, última modificação 13/02/2012 17h16

Dom Ladislau, que colaborou com as pastorais Operária, Carcerária e do Menor, opunha-se às alterações em andamento no Congresso sobre o Código Florestal (Foto: Arquivo CPT)

São Paulo – Dom Ladislau Biernaski, bispo de São José dos Pinhais (PR) e presidente da Comissão Pastoral da Terra (CPT) desde 2009, morreu nesta segunda-feira (13), em decorrência de um câncer. "Nos grandes momentos de tensão e de conflito envolvendo os movimentos sociais, Dom Ladislau nunca se furtou em ficar do lado dos trabalhadores e trabalhadoras, e a eles manifestar seu apoio", diz nota divulgada pela CPT. "De origem camponesa, Dom Ladislau nos deixa seu legado de luta pelos direitos dos camponeses e contra a violência no campo." Dom Ladislau tambem foi conhecido como "o bispo da reforma agrária".

A CPT lembrou que o bispo foi um critico do projeto do novo Código Florestal. "Aldo Rebelo (relator do projeto) perdeu uma grande oportunidade de ajudar o País a sair da devastação, impunidade dos grileiros e pouco investimento nos pequenos agricultores. Ele perdeu uma grande oportunidade de fazer a diferença. Lamento por ele", afirmou.
 
Segundo a Conferencia Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Biernaski foi bispo auxiliar de Curitiba de 1979 a 2006, alem de responsável por diversas pastorais sociais, como a Pastoral Operária, a Carcerária (1979) e a do Menor (1988). Antes de assumir a direçao da CPT, foi vice-presidente der 1997 a 2003.