Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2010 / 12 / Virgílio Gomes da Silva será homenageado em São Paulo

Virgílio Gomes da Silva será homenageado em São Paulo

por Redação da RBA publicado 08/12/2010 18h33, última modificação 08/12/2010 18h33

São Paulo – O Sindicato dos Químicos de São Paulo vai homenagear no próximo fim de semana Virgílio Gomes da Silva, desaparecido político da ditadura militar (1964). No domingo (12), o Clube de Campo de Arujá receberá o nome do ex-militante da Ação Libertadora Nacional (ALN) e dirigente sindical. 

Virgílio Gomes da Silva, o comandante Jonas, coordenou em 1969 o sequestro do então embaixador dos Estados Unidos, Charles Elbrick. Pouco após a operação, foi torturado e morto por agentes da repressão em São Paulo. Seu corpo foi sepultado no Cemitério de Vila Formosa, na zona leste da capital paulista.

No início deste mês, equipes do Ministério Público Federal, Comissão sobre Mortos e Desaparecidos, Instituto Médico Legal e Polícia Federal realizaram buscas pelos restos mortais do militante. O trabalho chegou a um ossário clandestino e exumou o cadáver que pode ser de Sérgio Correia, também militante da ALN morto no mesmo ano, mas não houve conclusão quanto à localização da cova de Virgílio, o que provocou irritação e colocou em dúvida o trabalho dos peritos da PF. Uma nova tentativa de resgatar o corpo do militante será realizada em fevereiro.