Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2010 / 12 / Encontrada ossada que pode pertencer a Sérgio Corrêa

Encontrada ossada que pode pertencer a Sérgio Corrêa

por João Peres, da RBA publicado 03/12/2010 10h29, última modificação 12/08/2011 18h04

(Foto: Maurício Morais)

São Paulo – As equipes de buscas no cemitério de Vila Formosa, zona leste da capital paulista, encontraram na tarde desta quinta-feira (2) uma ossada que pode pertencer a Sérgio Corrêa, militante da Ação Libertadora Nacional (ALN) morto em 1969. A Polícia Federal e o Instituto Médico Legal de São Paulo irão trabalhar agora na identificação da ossada.

Nesta sexta-feira (3), a Polícia Federal, o Ministério Público e a Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos adiaram as buscas pelo corpo de  Virgílio Gomes da Silva, o comandante Jonas, também da ALN. As equipes técnicas querem definir com mais precisão a localização da cova de Virgílio. O comandante Jonas foi responsável pela coordenação política do sequestro do então embaixador dos Estados Unidos, Charles Elbrick. 

Em reunião, ficou definido que os trabalhos de computador para definir com exatidão o local serão feitos em janeiro, e as buscas no local ficaram marcadas para fevereiro. 

Ao longo da semana, Ministério Público Federal, Comissão sobre Mortos e Desaparecidos Políticos e Polícia Federal realizaram um trabalho conjunto na tentativa de resgatar  corpos de vítimas do regime militar enterrados no Cemitério de Vila Formosa.

Mais informações ainda nesta sexta-feira (3) na Rede Brasil Atual.

 

 
registrado em: ,