Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Curta essa dica / 2012 / 10 / Lançamentos, seminários e filme marcam 120 anos de Graciliano Ramos

Lançamentos, seminários e filme marcam 120 anos de Graciliano Ramos

por guibryan1 publicado 22/10/2012 13h19, última modificação 22/10/2012 15h45

Em 27 de outubro de 1892, nascia em Quebrangulo, um pequeno município de Alagoas, Graciliano Ramos de Oliveira, um dos mais importantes escritores da língua portuguesa. Cento e vinte anos depois, uma série de homenagens promete marcar a data com lançamento de livro inédito, uma caixa com quatro romances, seminário, filme e até homenagem na Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), em 2013, quando se completam 60 anos da morte dele, em 20 de março.

A editora Record colocará nas livrarias, nesta semana, a obra inédita “Garranchos”, que reúne mais de 80 textos, entre crônicas, epigramas, artigos de crítica literária, discursos políticos, peça de teatro e cartas publicadas na imprensa, escritos por Graciliano Ramos, entre 1910 e 1960. Os escritos foram organizados pelo pesquisador Thiago Mio Salla, doutor pela Universidade de São Paulo (USP) e um dos maiores especialistas do escritor no país. Ao mesmo tempo, também será lançado um box com quatro romances publicados entre 1933 e 1938 – Caetés, São Bernardo, Angústia e Vidas Secas.

Com entrada gratuita, também acontece nessa semana o seminário “Graciliano Ramos – 120 anos”, que reúne especialistas para discutir a obra do escritor por meio das articulações do texto literário com as formas de organização social representadas pelos personagens. Em São Paulo, o debate reunirá Nuno Ramos e Wander Melo Miranda, com mediação de Manuel da Costa Pinto, na terça-feira (23), às 19h30, no Museu de Arte de São Paulo (Masp). 

No dia seguinte, no mesmo horário, o Teatro José Aparecido de Oliveira, em Belo Horizonte (MG), receberá Benjamin Abdalla e Luiz Ruffato, que contarão com mediação de Guiomar de Grammont. Na segunda-feira (29), também às 19h30, Ronaldo Correia de Brito, Lourival Holanda e Mario Hélio se encontrarão na Academia Pernambucana de Letras, em Recife. No mesmo local, na terça-feira (30), Mario Hélio mediará o papo entre Alcides Vilaça e Raimundo Carrero.

O documentarista Sylvio Back também prepara um filme, O Universo Graciliano, a respeito do escritor, rodado em três estados – Rio de Janeiro, Alagoas e Pernambuco. E o autor, como já foi dito acima, será o escritor homenageado na Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), de 3 a 7 de julho, na cidade do litoral fluminense – onde, a partir de janeiro, ele será estudado nas escolas locais.

[email protected]