Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Curta essa dica / 2011 / 01 / "Os 39 Degraus" confirma: a essência do teatro são os atores

"Os 39 Degraus" confirma: a essência do teatro são os atores

por Guilherme Bryan, especial para a Rede Brasil Atual publicado 29/01/2011 16h45, última modificação 31/01/2011 14h59

(Foto: Erik Almeida/Divulgação)

Ok. O texto é um clássico escrito por Patrick Barlow, adaptado para o cinema pelo mestre britânico Alfred Hitchcock e agora traduzido por Clara Carvalho e Alexandre Reinecke, ganhando, como diz o release, uma dose de bom-humor, à la Monty Python, que não aparecia na telona. Reinecke é mais uma vez um diretor extraordinário, confirmando o talento de “Quarta-Feira Sem Falta Lá em Casa” e “Trair e Coçar É Só Começar”. 

O cenário também é extremamente funcional e serve muito bem ao espetáculo. Porém, ”Os 39 Degraus” não teria o mesmo impacto, a ponto de em apenas quatro meses levar mais de 70 mil espectadores ao teatro, não fosse a exuberância de Dan Stulbach, Danton Mello, Fabiana Gugli e Henrique Stroeter, o qual já elogiamos aqui pelo espetáculo “À Meia Noite Um Solo de Sax na Minha Cabeça”. 

Serviço
Teatro Shopping Frei Caneca – Rua Frei Caneca, 569. 6º Andar. Consolação
Sessões às sextas às 21h30, sábados às 21h e domingos às 19h.
Ingressos: De R$ 70,00 (sexta e domigo) a R$ 80,00 (sábado).

Os quatro atores destacam-se inicialmente pela expressão corporal. É impossível não se divertir, por exemplo, com eles chacoalhando os corpos sentados em cadeiras como se estivessem em bancos de um trem na Europa. Ou quando Dan Stulbach olha  pela janela para ver se tem alguém espionando ele e Fabiana Gugli, enquanto Henrique Stroeter e Danton Mello, encapuzados, correm com postes de luz cenográficos embaixo dos braços. Ou ainda quando estes dois últimos interpretam simultaneamente dois personagens apenas trocando de chapéu. É a confirmação da magia essencial do teatro, que leva o espectador a acreditar que existe uma porta onde ela não existe, apenas com o movimento dos atores.

Sorteio no Twitter

A Rede Brasil Atual recebeu um par de convites para a peça "39 Degraus" e vai sortear os ingressos, que deverão ser retirados na bilheteria até uma hora antes do início do espetáculo. As entradas valem para esta sexta-feira (4).

Para participar, o internauta deve seguir a @redebrasilatual no Twitter e dar RT ao texto  #Sorteio dia 2/4: "39 Degraus"  (p/ assisitir dia 4 em SP) Siga a @redebrasilatual dê RT e concorra! http://kingo.to/se9 

O roteiro também permite que os atores insiram “cacos” no espetáculo, não sabemos ao certo se premeditados ou não. O fato é que a plateia vai ao delírio, por exemplo, quando encontra no meio dela Henrique Stroeter vestido de doceira de um espetáculo teatral, tentando vender algo para Dan Stulbach e oferecendo, entre outras coisas, uma raquete elétrica, numa clara referência a um dos maiores sucessos do ator na televisão, o personagem Marcos, da telenovela “Mulheres Apaixonadas”, exibida pela TV Globo em 2003. O próprio Dan Stulbach também menciona, logo no início da peça, ao ler um jornal, os políticos que sempre prometem resolver os estragos causados pelas chuvas, mas nunca fazem nada. 

Fabiana Gugli também chama a atenção por interpretar três papeis diferentes no espetáculo – uma espiã alemã de sotaque bastante carregado, uma camponesa e uma mulher sensual –, assim como Danton Mello e Henrique Stroeter que vivem diversos coadjuvantes. Dan Stulbach, que interpreta o conquistador Richard Hannay, que, após encontrar a tal espiã assassinada em sua casa, parte em busca de provar sua inocência e descobrir o verdadeiro assassino e o que são afinal os tais 39 Degraus. 

Para conduzir essa narrativa, os atores se mostram extremamente versáteis e parecem se divertir horrores em cena, o que, obviamente, contagia a todos. Eis, portanto, a receita de sucesso mais do que esperado de “Os 39 Degraus”, que deve ficar em cartaz no Teatro Frei Caneca, em São Paulo, até 13 de março, e depois seguir em temporada nos teatros cariocas.

Guilherme Bryan, 35 anos, jornalista formado pela Cásper Líbero, autor do livro "Quem Tem Um Sonho Não Dança" (ed. Record), mestre e doutorando pela ECA-USP, repórter do jornal Folha Universal e colunista de videoclipes do Yahoo! Brasil.

registrado em: ,