Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Copa na Rede / 2014 / 07 / Cuidado, Brasil! Quem são os craques da seleção da Alemanha

Olho neles

Cuidado, Brasil! Quem são os craques da seleção da Alemanha

Manuel Neur, Bastian Schweinsteiger, Thomas Müller, Toni Kroos... conheça alguns dos principais jogadores germânicos
por Futepoca publicado 08/07/2014 15h15, última modificação 08/07/2014 19h08
Manuel Neur, Bastian Schweinsteiger, Thomas Müller, Toni Kroos... conheça alguns dos principais jogadores germânicos
OLIVER WEIKEN/EFE
Schweinsteiger e Neuer

Schweinsteiger e Neuer: dois dos principais nomes da forte seleção da Alemanha

Com muita tradição no futebol, sete finais disputadas e três títulos de Copa do Mundo, a seleção alemã produziu, ao longo da História, alguns dos maiores nomes da modalidade. Em sua quarta semifinal seguida de Mundial, a seleção de Joachim Löw traz alguns grandes jogadores e craques consagrados, que pretendem coroar suas trajetórias com um triunfo no Brasil.

Atualização: A PIOR DA HISTÓRIA - Humilhação: Brasil toma surra da Alemanha e está fora da final

Nas traves está Manuel Neuer, um dos melhores goleiros do mundo. A muralha de 1,93 tem agilidade tanto para realizar defesas como para sair com o pé se for necessário, já que atuou praticamente como líbero na peleja contra a Argélia, nas oitavas do torneio. Também sai bem do gol e a tranquilidade e o posicionamento impressionam, qualidades que ficaram evidentes no jogo contra a França, quando o arqueiro salvou uma finalização de Benzema no final do jogo como se estivesse pegando uma mosca com palitinhos, tal qual o senhor Miyagi de Karate Kid.

O capitão do Bayern de Munique, Philipp Lahm, é um lateral/meia que já atuou nas duas funções nesta Copa do Mundo. Além de ser rápido na transição para o ataque, tem precisão nos cruzamentos e, mesmo sendo destro, chegou a atuar na lateral esquerda, embora já tenha dito publicamente que rejeita ocupar essa posição no time germânico.

Embora parte dos holofotes sempre esteja em torno do recordista Miroslav Klose, o artilheiro da hora da seleção alemã é Thomas Müller, que já tem noves gols em Copas (quatro aqui no Brasil) e pode, por que não, se tornar o maior goleador do torneio nas próximas edições. Atacante que se movimenta bastante no ataque, costuma atuar pelos lados, principalmente o direito, mas também foi o homem de frente centralizado, não decepcionando. De cabeça, com os pés, dentro ou fora da área, Müller é o avante mais perigoso dos germânicos e qualquer desatenção com ele pode ser motivo para afogar as mágoas em um copo de cerveja (não necessariamente alemã).

Quem desfila pelos gramados como se vivesse neles desde outras encarnações é Bastian Schweinsteiger, conhecido como o “Richard Gere da Bavária”. Excelente marcador, passa e distribui o jogo com rara precisão. Teve de se recuperar de lesão pouco antes da Copa e desfalcou a equipe na estreia, contra Portugal. Aos poucos, foi mostrando seu poderio técnico e já é destaque do time. Sem falar na simpatia fora de campo.

O meia-atacante do Bayern de Munique Toni Kroos é outro que tem feito uma excelente Copa. Faz o ataque pelos lados do campo, dá assistências, compõe o meio, finaliza bem e, se bobear, lava, passa e faz atestados médicos... Pode ser o principal reforço do poderoso Real Madrid depois da competição, mas, antes disso, é uma das principais armas para municiar o ataque alemão.

Mesmo sem fazer um grande Mundial, o torcedor germânico sempre deposita confiança em Ozil, meia-atacante que tem jogado mais pelo lado canhoto do ataque, não desenvolvendo toda a habilidade que sempre o caracterizou. Em 2010 foi um dos três melhores jogadores do torneio e, ainda que seja disciplinado taticamente como seus companheiros, é dele que se aguardam os lances imprevisíveis, que saiam do roteiro tradicional de uma peleja complicada.

Além destes, há o central Mats Hummels, autor do gol decisivo contra a França nas quartas de final.

Bom, se formos citar nomes, vai faltar espaço, já que os alemães talvez tenham o elenco mais forte e homogêneo da Copa. Mas é bom lembrar que a seleção brasileira também tem ótimos jogadores, além de alguns que conhecem de cor e salteado a maioria dos atletas alemães como Dante e Luiz Gustavo.

Olho neles, Brasil...