Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Copa na Rede / 2014 / 06 / Alemanha 4 x 0 Portugal: germânicos atropelam e saem na frente em grupo difícil

Blogs

Goleada

Alemanha 4 x 0 Portugal: germânicos atropelam e saem na frente em grupo difícil

Vitória fácil deixa alemães tranquilos; Portugal tem suspensão de Pepe e contusão de Coentrão e Hugo Almeida para se preocupar
por Futepoca publicado 16/06/2014 15h26, última modificação 16/06/2014 15h52
Vitória fácil deixa alemães tranquilos; Portugal tem suspensão de Pepe e contusão de Coentrão e Hugo Almeida para se preocupar
Marcos Brandt/EPA/EFE
alemanha.jpg

Müller faz três e lidera artilharia da Copa

A Alemanha entrou em campo na Arena Fonte Nova já favorita contra um Portugal combalido, com Cristiano Ronaldo longe de sua melhor forma. O que se viu em campo, no entanto, foi uma superioridade maior do que a esperada, nesse que era, teoricamente, a partida entre os favoritos do grupo à classificação para a segunda fase. CR7 mostrou que não tinha mesmo condições de jogo, Pepe foi Pepe e a Alemanha, que não tinha nada com os problemas portugueses, venceu por 4 a 0 sem muito esforço e fica em situação confortável na Copa. De quebra, a Mannschaft já têm o artilheiro da Copa até aqui: Müller, com 3 gols.

O jogo começou com velocidade nos ataques dos dois times, mas logo no início já era a Alemanha que chegava mais perto do gol. Aos 7 minutos, Khedira perdeu chance incrível com o gol aberto, depois de lambança do goleiro Rui Patrício. Aos 10, em jogada duvidosa, o árbitro dá pênalti para a Alemanha e Müller abre o placar. Portugal buscou o ataque em seguida, mas esbarrava na falta de talento do seu meio de campo. Para piorar, o atacante Hugo Almeida sente contusão e foi substituído por Éder.

O domínio alemão continuava e, aos 31 minutos, Hummels sobe muito na cobrança de escanteio e marca o segundo. A partir daí, os portugueses mostraram nervosismo e mal conseguiam articular um ataque. Aos 36 minutos, o zagueiro Pepe comete falta em Müller, não marcada pelo árbitro. Completamente descontrolado, o português dá uma cabeçada no alemão, que estava no chão recuperando-se. O juiz viu e expulsou o zagueiro.

Antes do final da primeira etapa, ainda deu tempo de a Alemanha marcar o terceiro. Müller aproveitou o péssimo corte de Bruno Alves e fez gol de artilheiro.

Vira três, fecha... quatro

O segundo tempo seguiu na mesma toada. Portugal não conseguia atacar com efetividade. A Alemanha detinha o domínio das ações, exercido já em um ritmo de segurar o resultado. Mesmo assim, aos 19, o cenário piora para Portugal. O lateral Fábio Coentrão sente contusão muscular e é substituído por André Almeida. No lado alemão, Hummels leva a pior em dividida e sai sangrando de campo, aos 27.

Aos 32 minutos, Müller fecha o placar ao aproveitar rebote do goleiro Rui Patrício e torna-se o artilheiro desta Copa até aqui.

Para a continuidade da Copa, a Alemanha só tem de torcer pela recuperação de Hummels. Já Portugal vai precisar armar o time com substitutos para três titulares, além de preocupar-se com o joelho de Cristiano Ronaldo. A Copa começa complicada para os patrícios.

registrado em: , ,