Você está aqui: Página Inicial / Blogs / Na Rede / 2015 / 10 / No dia em que tanto se fez para estragar sua festa, Lula sorriu

Comemoração

No dia em que tanto se fez para estragar sua festa, Lula sorriu

Apesar dos muitos bicões tentando estragar, os 70 anos de Lula e os 13 de sua primeira eleição foram comemorados
por Redação RBA publicado 28/10/2015 08h15, última modificação 28/10/2015 13h31
Apesar dos muitos bicões tentando estragar, os 70 anos de Lula e os 13 de sua primeira eleição foram comemorados
Lula 70 anos

Lula com o neto Arthur, Marisa, Dilma e Fernando Haddad

A presidenta Dilma Rousseff deslocou-se ontem (27) de Brasília, foi até o Instituto Lula e participou do 'Parabéns a você' nos 70 anos do ex-presidente. No dia em que se noticiava que Lula e Dilma estavam de mal, porque a empresa de seu filho Fábio Luís fora alvo de uma ação desastrosa, abusiva e mal explicada da Polícia Federal, ela não precisou emitir uma nota para negar a boataria.

Na mesma terça-feira em que os veículos associados ao Instituto Millenium repercutiam matéria de capa de uma revista semanal insuspeita com o insuspeito ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e a “entrevista” dele próprio ao programa Roda Viva a um grupo de insuspeitos perguntadores, Lula recebia mensagens de feliz aniversário das mais diversas origens.

O vídeo de integrantes da equipe do Corinthians, professor Tite à frente, liderava a audiência agora cedo com mais de 405 mil visualizações, seguido no G4 pelas mensagens de Chico Buarque (“Bem-vindo aos setentinha. Receba minha solidariedade não só pelos 70 anos, mas por tudo que você vem enfrentando. Estou com você como sempre”, 282 mil), Zeca Pagodinho (“Seu amigo está aqui com saudade”, 268 mil), e Dilma (“Me somo a todos os amigos para celebrar a sua vida, uma vida extraordinária”, 265 mil), entre outras mensagens de outros amigos, famosos e anônimos.

No exato 27 de outubro em que completou 13 anos de história a primeira eleição de Lula, repercutia também uma pesquisa de “intenção de voto”. Deve ser o único país do mundo em que institutos de pesquisa fazem sondagem sobre o que o eleitor está pensando hoje em decidir daqui a três anos.

De todo modo, não deixa de ser curioso que a taxa de rejeição de Lula esteja em patamar semelhante ao de nomes como o de Aécio Neves, Geraldo Alckmin e José Serra, e que o nome dele seja o mais lembrado pela resposta “votarei nele com certeza”. Afinal, entre os demais nomes listados, o de Lula é o único esculhambado todos os dias, várias vezes por dia, pelos meios de comunicação. O dia de ontem, aliás, registrou ainda a hashtag #Lula70, criada para a comemoração, no primeiro lugar dos Trending Topics Brasil do Twitter.

Parece que os que desejavam estragar a festa em torno do que Lula alcançou nos 70 anos de vida, ou das marcas que deixou nos últimos 13, não conseguiram. Haja estômago para suportar o que ainda vem pela frente.

registrado em: ,