Você está aqui: Página Inicial / Ambiente / 2009 / 05 / Mangabeira Unger afirma que Amazônia não pode ser salva pela polícia

Mangabeira Unger afirma que Amazônia não pode ser salva pela polícia

por João Peres, da RBA publicado 14/05/2009 13h33, última modificação 14/05/2009 13h34

O ministro da Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos, Mangabeira Unger, afirmou que é necessária uma “revolução” no extrativismo da Amazônia e que a floresta não pode ser salva pela polícia. 

“Não haverá preservação sem desenvolvimento nem desenvolvimento sem preservação. Não é um problema de lei. Temos que fazer tudo ao mesmo tempo. O problema prioritário é o controle da terra. Se não resolvernos isso, nada mais funcionará”, disse Mangabeira em entrevista ao programa Bom Dia, Ministro, transmitido por emissoras de rádio.

O ministro considera positivo o balanço do primeiro ano do Programa Amazônia Sustentável, embora reconheça que o índice de regularização de 4% das terras particulares é muito baixo. Ele lembrou que o projeto requer a conciliação de muitas ideias e interesses, e que o essencial é adotar medidas para favorecer a posse de pequenos e médios proprietários.

Mangabeira ressaltou que, além da colaboração de Exército, estados e municípios, é necessário ampliar o quadro de responsáveis pela fiscalização da Amazônia.

Com informações da Agência Brasil.